Metas que vão nos guiar para o Rio do futuro.

Conheça cada uma das metas desse tema, divididas por subtemas e descubra como definimos todas as nossas iniciativas.

 

 

 

 

 

 

 

Iniciativa 5.01

Desenvolvimento Econômico Carioca

O que é:
Estruturação de área responsável para coordenar as ações de crescimento econômico e criação de novos mecanismos para o desenvolvimento setorial.
Resultados esperados:
Com essa iniciativa, espera-se promover o crescimento econômico sustentável da Cidade do Rio de Janeiro, com políticas públicas voltadas à geração de empregos e ao aumento da competitividade do setor produtivo. Seguindo tendências globais, a Cidade passará a ter diversas zonas econômicas especiais, além de se tornar uma das cidades brasileiras mais globalmente conectadas, atraindo cérebros e talentos do mundo inteiro e garantindo para a Cidade uma economia mais vibrante.
Alinhamento com metas:
M1
Facilitar até 2020 a atração de pelo menos R$ 9 bilhões em investimentos, sendo no mínimo R$ 1 bilhão em P&D, prioritariamente nos seguintes setores: energia, tecnologia, turismo, economia criativa, ciências da vida, serviços financeiros e infraestrutura
M2
Estabelecer 5 Zonas de Desenvolvimento Setorial, para estimular o empreendedorismo e atrair novos negócios, com foco em economia criativa, tecnologias digitais e ciências da vida até 2020

 

 

 

Iniciativa 5.02

Rio Cidade Criativa

O que é:
Criação do programa Rio Cidade Criativa com o objetivo de potencializar a indústria criativa carioca.
Resultados esperados:
Consolidar a posição da Cidade do Rio de Janeiro como o principal polo de economia criativa do Brasil e da América Latina e um dos principais polos do mundo, formando mão de obra qualificada, atraindo investimentos e gerando empregos para empreendedores cariocas desses setores.
Alinhamento com metas:
M1
Facilitar até 2020 a atração de pelo menos R$ 9 bilhões em investimentos, sendo no mínimo R$ 1 bilhão em P&D, prioritariamente nos seguintes setores: energia, tecnologia, turismo, economia criativa, ciências da vida, serviços financeiros e infraestrutura
M2
Estabelecer 5 Zonas de Desenvolvimento Setorial, para estimular o empreendedorismo e atrair novos negócios, com foco em economia criativa, tecnologias digitais e ciências da vida até 2020
M6
Capacitar 50.000 pessoas, até 2020, através de programas promovidos pela Prefeitura e órgãos municipais, com pelo menos metade deles sendo nos setores de tecnologia, economia criativa e turismo Capacitar 50.000 pessoas através de programas organizados pela prefeitura e órgãos municipais, com pelo menos metade deles sendo nos setores de tecnologia, economia criativa e turismo

 

 

 

 

 

 

Iniciativa 5.03

Rio Destino Global

O que é:
Criação do programa Rio Destino Global, com foco na melhoria da experiência turística na cidade e consequente atração de turistas nacionais e internacionais, além de maior número de eventos e feiras.
Resultados esperados:
Espera-se que a iniciativa resulte em um aumento de postos de trabalho e da receita do setor. Isso será conseguido pelo crescimento do número de turistas, gasto médio e tempo médio de permanência.
Alinhamento com metas:
M3
Aumentar em 20% a receita anual do turismo (nacional e internacional) até 2020, tendo como referência o ano de 2015
M4
Construir um novo centro de convenções na área central até 2020
M6
Capacitar 50.000 pessoas, até 2020, através de programas promovidos pela Prefeitura e órgãos municipais, com pelo menos metade deles sendo nos setores de tecnologia, economia criativa e turismo

 

 

 

Iniciativa 5.04

Rio Mais Fácil e Atrativo aos negócios

O que é:
Melhoria do ambiente de negócios na Cidade do Rio de Janeiro de forma subir na percepção dos empresários e investidores e no ranking Doing Business.
Resultados esperados:
Com a implementação da iniciativa, espera-se um ambiente de negócios mais desburocratizado e simplificado, com a possibilidade de realizar serviços da Prefeitura via web e emitir licenças digitalmente. Isso garantirá um ambiente atrativo a investimentos e permitirá melhorar o índice de referência (distância até a fronteira) da Cidade do Rio de Janeiro no ranking “Doing Business”.
Com a maior eficácia nos processos de fiscalização, espera-se um aumento da percepção de satisfação da sociedade e um maior engajamento da população no que diz respeito às regras de convivência e na cobrança da ação do Estado, assim como o reconhecimento da Cidade pela transparência das informações.
Alinhamento com metas:
M7
Contribuir com a evolução do Brasil no ranking "Doing Business" do Banco Mundial, através da melhoria em 5 pontos percentuais do índice de referência da Cidade do Rio de Janeiro até 2020
M8
a) Ter 100% das licenças da Prefeitura emitidas digitalmente até 2020
b) Possibilitar que 100% dos serviços da Prefeitura, relacionados a registros de negócios e obras, possam ser realizados via web até 2020
c) Automatizar 50% dos processos relacionados a registros de negócios e obras até 2020

 

 

 

Iniciativa 5.05

Rio Excelência em Capital Humano

O que é:
Oferecimento de cursos e capacitações para melhoria do capital humano com foco nas áreas de serviços, eventos, audiovisual, economia criativa, turismo e hotelaria.
Resultados esperados:
Alavancar a competitividade da Cidade.
Proporcionar maiores chances de formalização de empregos.
Aumentar o valor agregado dos profissionais cariocas.
Alinhamento com metas:
M5
Atingir 53,2% de taxa de formalização de empregos até 2020
M6
Capacitar 50.000 pessoas, até 2020, através de programas promovidos pela Prefeitura e órgãos municipais, com pelo menos metade deles sendo nos setores de tecnologia, economia criativa e turismo