Metas que vão nos guiar para o Rio do futuro.

Conheça cada uma das metas desse tema, divididas por subtemas e descubra como definimos todas as nossas iniciativas.

 

 

 

 

 

 

 

Iniciativa 6.01

Rio Grau de Investimento

O que é:
Garantir a manutenção do grau de investimento da Prefeitura.
Resultados esperados:
Obtenção de receitas adicionais de R$ 4,0 bilhões em quatro anos, como efeito das medidas citadas anteriormente.
Alinhamento com metas:
M1
Ter os indicadores fiscais do Rio de Janeiro compatíveis com o grau de investimento mínimo aplicado à avaliação de cidades pelas agências de rating ao longo de todo o período entre 2017 e 2020

 

 

 

Iniciativa 6.02

Orçamento Base Zero

O que é:
Implantar Orçamento Base Zero.
Resultados esperados:
Em primeiro lugar, haverá a melhoria do processo orçamentário. O fato de cada programa ser questionado vai obrigar as diversas secretarias a fazerem um esforço para apresentar programas de melhor qualidade técnica e mais justificados.
Em segundo lugar, haverá aperfeiçoamentos posteriores. Como o OBZ é um processo contínuo, em que cada ano os programas devem ser avaliados, tende a gerar, como subproduto, uma nova cultura, favorável ao aperfeiçoamento sistemático dos procedimentos, com vistas a uma maior eficácia na utilização dos recursos e no cumprimento das metas.
Finalmente, o terceiro benefício é o desenvolvimento de pessoal. A necessidade de justificar devidamente cada programa vai levar os diversos órgãos da Prefeitura a se empenharem no desenvolvimento de uma mão de obra que esteja capacitada para atingir esse fim.
Alinhamento com metas:
M2
Implantar Orçamento Base Zero em todos os órgãos da Prefeitura até 2020

 

 

 

Iniciativa 6.03

Gestão de Alto Desempenho 3.0

O que é:
Evolução do sistema de alto desempenho.
Resultados esperados:
Aumento do desempenho da Prefeitura com a melhoria da eficácia na implementação dos projetos estratégicos e no cumprimento das metas estratégicas. Além disso, haverá ganhos com a maior eficiência no uso dos recursos e no cumprimento do escopo no melhor prazo, a qualidade das informações sobre as diversas áreas da Cidade e a concretização do sistema de meritocracia como política de Estado.
Alinhamento com metas:
M3
Atingir maior índice de satisfação da população com atendimento e serviços da Prefeitura entre grandes cidades do mundo, até 2020

 

 

 

Iniciativa 6.04

Gente de Excelência

O que é:
Fomentar o desenvolvimento do capital humano da Prefeitura.
Resultados esperados:
i) Aumento significativo da capacidade de liderança, gestão e técnica dos servidores da Prefeitura.
ii) Criação de oportunidades para jovens talentos conhecerem o setor público.
iii) Aumento da capacidade analítica sobre as informações de pessoal, proporcionando controle, melhores previsões e planejamento dos dispêndios de recursos de pessoal da Prefeitura.
iv) Valorização do servidor mais experiente e transferência de conhecimento acumulado para novas gerações de servidores.
Alinhamento com metas:
M5
Implantar o Comitê de Contratação até 2017 para garantir que 100% das trocas de cargos-chaves da Prefeitura tenham perfil adequado até 2020

 

 

 

Iniciativa 6.05

Autoridade Pública Metropolitana – Baía de Guanabara

O que é:
Desenvolvimento de uma nova forma de governança metropolitana, tendo o Município do Rio de Janeiro um papel de protagonista e líder.
Resultados esperados:
Estabelecer uma nova governança para a despoluição da Baía de Guanabara.
Alinhamento com metas:
M6
Criar Autoridade Pública Metropolitana até 2020, garantindo a finalização do planejamento de despoluição da Baía de Guanabara e o início de sua implantação

 

 

 

Iniciativa 6.06

Captar para progredir

O que é:
Utilizar PPPs e recursos externos para endereçar temas mais prioritários da Cidade.
Resultados esperados:
Redução da demanda de capital próprio do Tesouro para a implantação da infraestrutura prevista no Plano Estratégico.
Melhoria da eficiência das operações administradas por concessões e PPPs.
Alinhamento com metas:
M7
Manter nível de investimento da Prefeitura acima de 15% do orçamento total entre 2017 e 2020, sendo 30-55% desse investimento feito através de PPPs

 

 

 

Iniciativa 6.07

Escutar para Governar

O que é:
Estruturação da política de engajamento cidadão.
Resultados esperados:
Maior participação da população carioca em decisões sobre a Cidade, qualificando as políticas públicas e sintonizando as ações da Prefeitura às demandas da população, democratizando os espaços e recursos públicos.
Alinhamento com metas:
M8
Alcançar 100.000 cidadãos ativamente engajados até 2020

 

 

 

Iniciativa 6.08

Programa Gestão Fiscal Integrada – GICOF

O que é:
Aquisição de solução informatizada de Gestão Integrada dos Processos de Controle, Contabilidade, Gestão de Contratos Externos, Orçamento e Financeiro – GICOF.
Resultados esperados:
O principal benefício esperado com o projeto é o acompanhamento mais eficiente dos investimentos públicos e um aprimoramento na geração de informações gerenciais que possibilitem análises mais efetivas dos custos. Os ganhos fornecidos por novas tecnologias e soluções integradas darão rapidez, agilidade, eficiência e segurança a todos os processos. Garantirão a oferta dos serviços públicos aos cidadãos e aos governantes municipais, dentro dos mais altos padrões de modernidade e economicidade, visando racionalizar gastos. A modernização dos processos garantirá transparência dos atos e acessos irrestritos às informações gerenciais por parte dos gestores clientes.
Alinhamento com metas:
M1
Ter os indicadores fiscais do Rio de Janeiro compatíveis com o grau de investimento mínimo aplicado à avaliação de cidades pelas agências de rating ao longo de todo o período entre 2017 e 2020
M2
Implantar Orçamento Base Zero em todos os órgãos da Prefeitura até 2020

 

 

 

Iniciativa 6.09

Rio sem Desvios

O que é:
Aumento dos padrões de conformidade da PCRJ, estruturação do Escritório de Processos e Tecnologia EGPT, Planejamento de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e Arquitetura de Processos, Reengenharia e automação de processos críticos.
Resultados esperados:
Redução de riscos de desvios e desperdícios, aumentando a eficiência e a compliance em estruturas, processos e sistemas.
Ganho de sinergia nos processos transversais e eficiência nos processos críticos da Prefeitura.
Maior capacitação interna para desenvolvimento de soluções funcionais (processos) e inovadoras (tecnologia) para os desafios de evolução dos serviços da administração municipal.
Racionalização de gastos com tecnologia e custeio na execução de processos através de maior compartilhamento e colaboração entre as diversas secretarias municipais.
Maior qualidade e agilidade na execução de serviços através da automação do fluxo de trabalho e da utilização de bases de dados confiáveis e consistentes.
Alinhamento com metas:
M3
Atingir maior índice de satisfação da população com atendimento e serviços da Prefeitura entre grandes cidades do mundo, até 2020

 

 

 

Iniciativa 6.10

Rio Cidade Planejada

O que é:
Estratégias de gestão que maximizem a eficiência da atuação dos órgão envolvidos no planejamento urbano, aprimorando as estruturas de informação, controle, fiscalização e monitoramento, com foco em áreas de crescimento limitado.
Resultados esperados:
Um vasto território de crescimento urbano limitado, onde o desenvolvimento urbano e a proteção ambiental são previamente planejados e controlados a partir de um novo modelo de gestão urbana que indica onde e sob que condições e restrições esse desenvolvimento poderá ocorrer.
Melhoria na articulação intersetorial e na troca de informações para atuação mais eficiente da Prefeitura no planejamento urbano e nas ações setoriais (meio ambiente, habitação, infraestrutura). Diminuição da irregularidade urbana e melhoria da qualidade ambiental e urbana da Cidade.
Alinhamento com metas:
M4
Ter planos urbanísticos atualizados para 40% da área da Cidade, até 2020, tendo como referência o ano de 2014